Surfe ou mountain bike no Havaí?

Surfe ou mountain bike no Havaí?

O Havaí é um lugar muito conhecido por suas praias, pelo Surfe e seu clima descolado, voltado ao esporte ao ar-livre. O CicloTrilhas Floripa reconhece similaridades entre o Havaí e boa parte do litoral brasileiro, e por isso decidimos escrever sobre o local.

00024_doc_01

Desde quando o mountain bike surgiu nos EUA na década de 80, o Havaí sempre ficou pra trás no desenvolvimento dos locais apropriados para tal esporte. A comunidade interessada no assunto teve que obter ajuda profissional da IMBA para conseguir legimitar a bicicleta nos ambientes naturais das ilhas havaianas.

tb_ba_ditch

Aos trancos e barrancos conseguiu-se acesso, pois os locais são de difícil negociação. Grande parte do território do Havaí é propriedade particular. Terrenos são caros, pois, afinal, são ilhas, e o uso histórico desses espaços – caminhadas, cavalgadas e caça de porcos selvagens – obtiveram precedência dos gestores dos espaços. Não apenas isso, mas as pessoas vão ao Havaí pelas praias e a recreação na água recebe a maior parte da atenção e do dinheiro do Estado. A proliferação de construção de trilhas ilegais e a destruição de estruturas criadas pelos mountain bikers deixaram as partes envolvidas em baixos ânimos.

viagem-livre-havai-1024x484

A capital do estado do Havaí é Honolulu, que fica na ilha de Oahu. Nesta ilha existe um grupo organizado de ciclistas, o Oahu Mountain Bike Ohana (OMTBO). Desde quando começaram um trabalho formal, obtiveram autorização para construção tanto de um bike park quanto de novas trilhas, e o poder público deu a entender que tem interesse em outras partes da ilha. Os gestores se dispuseram a discutir o assunto por causa da boa reputação do MMBC, que mostrou como que um grupo unido de mountain bikers pode fazer com a ajuda da IMBA e provando que os bikers conseguem trabalhar em trilhas de superfície natural para o benefício de todos os usuários, não só a bicicleta.

MG_13_04_HAWAII_5442-640x426

Na ilha de Mauí, desde que o grupo dos ciclistas Maui Mountain Bike Coalition – MMBC começou a trabalhar de forma mais organizada, foi desenvolvido um considerável sistema de trilhas que abriu caminho para boas relações públicas nas outras ilhas. Os ciclistas deixaram a de circular nos locais não regulamentadas para bicicleta e passaram a usar as trilhas adequadas.

Uma das empreitadas é a Trilha Kahakapao, localizada na Reserva Florestal Estadual de Makawao, que consiste de 2093 acres de terra. O Serviço Florestal americano estabeleceu a reserva no ano de 1908 com o intuito de proteger uma importante nascente de água. Durante os anos 60, o serviço florestal por algum motivo dizimou a floresta nativa e substituiu por eucaliptos e pinheiros.

10959933_291781080945566_5889043658955558308_o

A Floresta de Makawao há muitos anos tem sido um destino popular de mountain bikers. Nos anos 80, antes da abertura de uma trilha pública pelo estado, os mountain bikers haviam construído as primeiras trilhas. Uma delas hoje é conhecida como a Trilha Renegada. Em 2003 foi criada a Trilha Kahakapao, um “loop” multi-usuário de 9km, que incorporou segmentos da Trilha Renegada. Desde a criação da Kahakapao, os mountain bikers continuaram criando trilhas piratas específicas para bicicleta, que foram aos poucos sendo incorporadas à trilha oficial. Foi esse empurra empurra que levou à criação do MMBC.

Um terceiro exemplo de mountain bike no Havaí é na ilha Molokai, a mais remota e menos desenvolvida das ilhas. Famosa por ter recebido uma colônia de leprosos entre a floresta tropical e penhascos vertiginosos em 1873. O momento seminal para o mountain bike venho em 1975, quando o cultivo de abacaxis em uma área de 65.000 acres foi extinto, foi convertido em uma reserva de caça a animais de grande portes, a qual falhou por causa de caça ilegal. O lugar então acabou virando um destino de aventura luxuoso.

molokai-trilha

Além de dois hotéis no lugar, o local todo encontra-se subdesenvolvido, com exceção de algumas poucas melhorias importantes. Entre o abrigo no alto da montanha e o eco-hotel na praia, mais de 160km de trilhas foram abertas. O hotel não mantém o sistema de trilhas inteiro, e a vegetação cresce rapidamente. A falta de manutenção às vezes faz com que trilhas desapareçam quase que completamente sob moitas de grama e arbustos espinhosos. Para alguns pode ser chato, mas ter que usar a bicicleta como uma ferramenta para abrir o caminho e seguir para o topo de um vulcão é tido por outros como uma experiência única. E, convenhamos, andar de bicicleta no meio do mato dentro de uma ilha, não é nada comum!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s